Pequim confirma empréstimo à Venezuela no valor de US$ 20 bi

Pequim, 20 abr (EFE).- O Governo chinês confirmou hoje a concessão de dois empréstimos avaliados em mais de US$ 20 bilhões e à assinatura de acordos nas áreas de petróleo e energia com o Governo do presidente venezuelano, Hugo Chávez.

EFE |

"Esperamos que China e Venezuela adotem esforços conjuntos para implementação de acordos e levar dessa maneira as relações bilaterais a um novo nível", assinalou hoje a porta-voz de turno do Ministério chinês de Assuntos Exteriores, Jiang Yu.

No sábado passado, 17 de abril, o Governo chinês e uma delegação corporativa assinaram sete acordos de cooperação bilateral com a Venezuela, explicou Jiang, entre estes "um acordo em que o Banco de Desenvolvimento da China (CDB, na sigla em inglês) fornecerá US$ 10 bilhões e outros 70 bilhões de iuanes (US$ 10,2 bilhões) em financiamentos".

Segundo a imprensa chinesa, os acordos foram assinados na presença de Chávez e de uma delegação chinesa liderada pelo responsável da Administração Nacional de Energia, Zhang Guobao, já que o presidente da China, Hu Jintao, cancelou sua visita ao país latino devido ao terremoto de Qinghai.

O financiamento em iuanes (moeda chinesa) será um teste para internacionalizar a moeda, assinalam os analistas chineses, já que dado ao potencial petroleiro da Venezuela o acordo pode elevar a posição da divisa chinesa no setor do petróleo. EFE mz/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG