Nova York, 13 abr (EFE).- A PepsiCo, segundo maior fabricante de refrigerantes do mundo, entrou hoje com um processo contra a Coca-Cola, acusando-a de mentir em um anúncio de seu isotônico.

O grupo americano PepsiCo fabrica, entre outras bebidas, o isotônico Gatorade, concorrente do Powerade, da Coca-Cola.

No processo apresentado hoje em um tribunal de Nova York, a PepsiCo, através de sua divisão Stokely-Van Camp, acusou a concorrente de utilizar informações enganosas em uma propaganda do Powerade.

Nela, o produto é apresentado como a "bebida completa para os atletas". Além disso, o anúncio diz que o Gatorade "não tem dois eletrólitos (magnésio e cálcio)" e seria, portanto, "incompleto".

"Não fique com uma bebida esportiva incompleta", disse o anúncio, referindo-se ao isotônico do grupo PepsiCo.

A fabricante do Gatorade reagiu e divulgou nota dizendo que "é possível encontrar mais cálcio e magnésio em água de torneira do que no Powerade".

A PepsiCo deseja que a Justiça proíba os anúncios da concorrente, alegando que não há provas científicas de que o Powerade seja melhor que o Gatorade, líder em vendas no segmento. EFE mgl/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.