O Pentágono anunciou nesta terça-feira que retirou as acusações de conspiração e terrorismo contra cinco presos de Guantánamo, apesar de não descartar que volte a apresentar as mesmas acusações contra eles.

Os tribunais criados especialmente para julgar os presos da base militar "retiraram sem danos as acusações pendentes contra cinco detidos de de Guantánamo", informou Jeffrey Gordon, porta-voz do Departamento da Defesa. "Retirar uma acusação sem danos significa que o governo pode apresentar as acusações novamente mais tarde", explicou.

Entre os beneficiados com a decisão figura Binyam Mohammed, um cidadão britânico que havia sido acusado de planejar um atentado com uma bomba radiológica ou "bomba suja" contra os Estados Unidos.

lum/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.