Pentágono prorroga missão de 1.250 marines no Afeganistão

O Pentágono prorrogou em 30 dias a missão de 1.250 marines no Afeganistão, para manter o ritmo do treinamento das forças de segurança afegãs, informou nesta terça-feira um porta-voz do departamento de Defesa.

AFP |

Os marines, que integram um contingente de 3.500 homens mobilizado no início deste ano por sete meses, são encarregados de treinar os policiais afegãos no sul e no oeste do país.

Sua missão "foi prorrogada para manter o ritmo atual do treinamento das forças afegãs", declarou o tenente-coronel Mark Wright.

O Pentágono já prorrogou em 30 dias a missão dos 2.200 marines de um corpo expedicionário ativo no sul do Afeganistão.

O comando americano pediu brigadas de combate suplementares - cerca de 10.000 homens - para enfrentar a intensificação da violência no Afeganistão.

Em 16 de julho, o secretário da Defesa, Robert Gates, defendeu que o envio de soldados americanos suplementares a este país aconteça "o mais cedo possível", mas admitiu na semana passada que apenas 200 militares suplementares foram mobilizados por enquanto.

Cerca de 15.000 dos 34.000 soldados americanos no Afeganistão são comandados pela Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan. Os outros 19.000 integram uma força americana separada, encarregada do treinamento das forças afegãs e da luta contra o terrorismo.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG