Pentágono propõe vender seis Hércules ao Iraque por US$ 1,5 bilhão

Washington, 28 jul (EFE) - O Pentágono propôs ao Congresso americano que aprove a venda de seis aviões de carga do modelo C-130J ao Governo iraquiano, assim como o equipamento e o serviço de manutenção por um valor de US$ 1,5 bilhão.

EFE |

A Agência de Cooperação de Defesa do Pentágono comunicou na última sexta-feira ao Congresso a possibilidade desta venda em uma nota oficial feita pública hoje.

Junto com os seis aviões Super Hércules, o Governo iraquiano expressou interesse em comprar 24 motores fabricados pelo grupo Rolls-Royce, segundo o comunicado enviado ao Congresso.

A Força Aérea iraquiana prevê usar os C-130J para transferir suas tropas e para realizar operações humanitárias, explica a nota.

O Pentágono considera que "a compra de novos meios de transporte aéreo dará aos iraquianos a capacidade de operar junto com as tropas americanas, as da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e as da coalizão em todo tipo de missões".

Além disso, em outro comunicado, o Pentágono notificou o Congresso sobre outra possível venda de veículos de segurança blindados no valor de US$ 206 milhões.

Estas duas notificações não significam que as vendas já estejam acordadas, já que este é apenas o passo prévio que a lei exige quando se trata de comercializar armas entre Governos. EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG