Pentágono: prisioneiros de Bagram poderão questionar sua detenção

O Pentágono se dispõe a reconhecer aos prisioneiros da base de Bagram, no Afeganistão, o direito de questionar sua prisao, afirmou nesta segunda-feira o porta-voz do Departamento da Defesa, Bryan Whitman.

AFP |

"Trata-se basicamente de um procedimento de revisão que permite que as pessoas possam se apresentar perioridicamente ante uma comissão para que possa questionar sua prisão", afirmou aos jornalistas.

Os detentos contarão com a ajuda de representantes militares que os "guiarão no processo administrativo, ajudando-os a recolher declarações de testemunho, acrescentou Whitman.

"Já fazemos isos no Iraque para ajudar a administrar a população de deteentos e, em última instância, para reduzi-la, assegurando-nos que apenas mantemos presos os mais perigosos", explicou.

dab/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG