Pentágono prepara para Obama planos de retirada de tropas do Iraque

Washington, 15 jan (EFE).- O Pentágono estuda as diferentes opções que o presidente Barack Obama terá para retirar as tropas do Iraque, entre elas a de sair do país em 16 meses, como prometeu na campanha.

EFE |

O secretário de imprensa do Pentágono, Geoff Morrell, explicou que esta é uma das possibilidades em cima das quais os estrategistas estão trabalhando.

"Nossos planejadores militares não vivem de costas para o mundo", disse Morrell.

"Eles são muito conscientes de que o presidente eleito fez campanha sobre a retirada de tropas do Iraque em um cronograma de 16 meses", acrescentou.

Portanto, disse, "o mais prudente é elaborar planos que contemplem essa opção".

No entanto, ressaltou Morrell, esta é "só uma das opções que estão sendo elaboradas".

O porta-voz afirmou que o presidente eleito e o secretário de Defesa, Robert Gates, falaram sobre o assunto, mas Obama não receberá relatórios sobre o Iraque ou Afeganistão até que seja o novo comandante-em-chefe.

Durante a campanha eleitoral, Obama se comprometeu a retirar as tropas do Iraque em um prazo de 16 meses, apesar da oposição de seus rivais políticos e da preocupação suscitada entre alguns oficiais de defesa.

Conforme seu calendário, as tropas de combate teriam que estar completamente fora do país no final de 2011.

Os Estados Unidos possuem no Iraque 142 mil soldados, e outros 33 mil no Afeganistão. EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG