Pentágono estuda flexibilizar a política sobre homossexuais no exército

O Pentágono está estudando uma flexibilização da política do Dont ask, Dont tell (Não pergunte, não diga) sob a qual os homossexuais podem servir ao Exército desde que não admitam sua homossexualidade, informou nesta terça-feira o secretário da Defesa, Robert Gates.

AFP |

"Uma das coisas que estamos analisando é se existe flexibilidade na forma com que aplicamos esta lei", afirmou Gates aos jornalistas, acrescentando ter discutido o tema na semana passada com o presidente Barack Obama e que também está sendo analisado entre altos militares.

"O problema é que se trata de uma lei muito restritiva. Não deixa muito lugar para imaginação ou flexibilidade", concluiu.

dab/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG