Pentágono diz que está monitorando situação na Geórgia

WASHINGTON (Reuters) - O Pentágono disse na sexta-feira que está monitorando os acontecimentos na Geórgia, mas não recebeu um pedido de assistência das autoridades georgianas desde que as forças russas adentraram o país. Estamos monitorando (a situação) de perto, disse a repórteres Bryan Whitman, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Tivemos algum contato com as autoridades georgianas, acrescentou Whitman. Perguntado se houve um pedido de ajuda, ele respondeu: não.

Reuters |

Whitman disse que cerca de 127 funcionários da Defesa norte-americana, incluindo 35 civis, estão em Tblisi para treinar as forças georgianas que vão para o Iraque.

'Eles estão bem. Ninguém se feriu. Por enquanto, não há planos de transferi-los', disse.

Cerca de 1.100 militares norte-americanos estiveram na Geórgia no mês passado para um treino, mas eles já deixaram o país, disse uma autoridade da Defesa.

(Por David Morgan)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG