Um inquérito do Exércio americano concluiu que houve problemas na forma como foram conduzidos bombardeios dos Estados Unidos no Afeganistão em maio passado, que deixaram dezenas de civis mortos, anunciou o Pentágono nesta segunda-feira.

A investigação mostra que os militares envolvidos nos ataques não respeitaram as regras e procedimentos destinados a evitar vítimas civis, haviam informado antes à AFP duas autoridades que solicitaram o anonimato.

Esses ataques mataram 140 civis, segundo o governo afegão, e 97, segundo a Comissão Afegã Independente de Direitos Humanos (AIHRC).

Bombas de 900 quilos - talvez muito potentes, devido à proximidade dos civis - foram utilizadas durante os bombardeios, disse uma dessas autoridades.

A investigação sobre o que ocorreu no início de maio no distrito de Bala Buluk foi iniciada a pedido do general David Petraeus, comandante das forças americanas na região" , acrescentou a autoridade.

ddl/mac/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.