Um avião de vigilância da Marinha dos Estados Unidos, com problemas intermitentes de navegação, entrou no final de semana passado no espaço aéreo venezuelano, admitiu nesta segunda-feira o Pentágono.

"Um aparelho S-3 Vinking americano, que realizava operações de combate às drogas, perdeu suas referências de navegação e entrou no espaço aéreo da Venezuela", informou a força americana contra o narcotráfico no Caribe, baseada em Key West, Flórida.

"O controle aéreo venezuelano ajudou a guiar o avião para o espaço aéreo internacional, o que apreciamos", destacou o comunicado americano, antes de acrescentar que "o incidente está sendo investigado".

O governo venezuelano já tinha denunciado hoje a violação de seu espaço aéreo por um avião militar americano, anunciando a convocação do embaixador de Washington em Caracas para pedir explicações sobre o incidente.

O S-3 Vinking é um bimotor concebido originalmente como avião de luta anti-submarina que hoje é utilizado em operações de vigilância marítima e de abastecimento em vôo.

dab/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.