Penélope Cruz, Clooney e Streep caminham para o Oscar

A espanhola Penélope Cruz deu mais um passo para o Oscar nesta quinta-feira quando o Sindicato de Atores dos Estados Unidos a indicou por seu papel em Nine junto com a alemã Diane Kruger, George Clooney, Meryl Streep e Sandra Bullock, anunciou a organização.

AFP |

Dois dias depois de ter sido designada para os prêmios Globos de Ouro, a estrela espanhola, de 35 anos, foi destacada por seu papel de Carla no musical "Nine" de Rob Marshall e competirá com Vera Farmiga e Anna Kendrick, ambas do elenco de "Up in the Air"; com Diane Kruger, por "Inglourious Basterds" Bastardos Inglórios, e com Mo'Nique por "Precious", Precioso.

A tragicomédia de Jason Reitman "Up in the Air", O amor sem escalas, e os filmes "Precious" de Lee Daniels e "Inglourious Basterds", de Quentin Tarantino, lideram a lista de escolhidos com três candidaturas cada, segundo a lista do Sindicato de Atores da América (SAG).

Como melhor elenco estão "An Education", com Emma Thompson, Alfred Molina e Dominic Cooper; "The Hurt Locker", encarnado por atores pouco conhecidos como Jeremy Renner, Camargo e Brian Geraghty; "Inglourious Basterds", com Krueger e Brad Pitt em papeis estelares; e "Precious" que, além de Mo'nique, conhecida por uma série televisão nos Estados Unidos, conta com a atuação dos cantores Mariah Carey e Lenny Kravitz.

O musical "Nine", inspirado em "Oito e Meio" de Federico Fellini, também se candidata na categoria de melhor elenco, reunindo estrelas como Marion Cotillard, Daniel Day-Lewis, Judi Dench, Nicole Kidman, Sophia Loren, Fergie e Kate Hudson.

Os premios do SAG que serão entregues no dia 23 de janeiro em Los Angeles já dão uma noção sobre os Oscar, na festa de 7 de março, uma vez que a maioria dos filiados ao Sindicato pertencem, também, à Academia de Artes e Ciência Cinematográfica.

Como Melhor Ator as apostas são dirigidas a Clooney por seu papel em "Up in the air", devendo superar na categoria o ator Jeff Bridges na pele de um cantor de country bêbado em "Crazy Heart"; Colin Firth como um professor homossexual atormentado em "A Single Man"; Morgan Freeman como Nelson Mandela em "Invictus" e Jeremy Renner como o técnico em bombas no filme de guerra "The Hurt Locker".

Outra atriz que está saboreando o sucesso é Sandra Bullock; aos 45 anos, ela conseguiu duas indicações aos Globos de Ouro e, nesta quinta-feira, somou a do SAG por seu personagem no drama "The Blind Side".

Nesta categoria, reservada a atrizes principais, competirá com Helen Mirren em "The Last Station"; Carey Mulligan em "An Education; Gabourey Sidibe em "Precious" e Meryl Streep em "Julie & Julia".

pb/aic/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG