Pelo menos um brasileiro morreu na tragédia aérea em Madri

Brasília, 21 ago (EFE).- Pelo menos um cidadão brasileiro morreu no acidente da quarta-feira com um avião da companhia aérea Spanair no aeroporto de Barajas, em Madri, tragédia que deixou 153 mortos, informou hoje o Ministério das Relações Exteriores.

EFE |

Fontes oficiais disseram à Agência Efe que o brasileiro que estava no avião acidentado quando tentava decolar com destino a Las Palmas de Gran Canaria, nas Ilhas Canárias, foi identificado pelas autoridades espanholas como Ronaldo Gomes Silva.

O brasileiro era casado com uma espanhola e morava na Espanha, onde a embaixada brasileira tenta entrar em contato com a família, a fim de prestar a colaboração necessária.

No desastre, o pior acidente aéreo ocorrido na Espanha desde 1985, 153 pessoas morream e 19 ficaram feridas. EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG