Islamabad, 2 out (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram em um atentado suicida cometido em frente à casa do líder da Liga Nacionalista Awami paquistanesa, Asfandyar Wali, na Província da Fronteira Noroeste (NWFP), informou uma fonte oficial.

O atentado ocorreu na área de Walibagh, no distrito de Charsada, e entre os mortos há um guarda-costas do político, informou ao canal "Dawn" o inspetor geral de Polícia Malik Navid.

O ministro da Informação da NWFP, Mian Iftikhar, disse que o Governo regional tinha dados sobre uma "ameaça terrorista" há vários dias e confirmou que Wali era o alvo do atentado.

Segundo um membro de seu próprio partido, o líder da Liga Nacionalista Awami está "seguro".

"Este é um ataque contra todos os pashtuns", disse Iftikhar.

Em Islamabad, o ministro do Interior paquistanês, Rehman Malik, anunciou o envio de uma equipe antiterrorista para investigar o atentado, cometido em um distrito próximo às conflituosas áreas tribais que fazem limite com o Afeganistão. EFE igb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.