Pelo menos seis são presos após sequestro de avião no México

A polícia na Cidade do México prendeu pelo menos seis homens responsáveis pelo sequestro de um avião da companhia aérea AeroMexico que transportava pelo menos cem passageiros nesta quarta-feira. Todos os passageiros e a tripulação foram libertados do Boeing 737, que fez o voo 576 entre Cancún e a capital mexicana.

BBC Brasil |

Uma das passageiras, Adriana Romero, disse à uma rede de televisão local que somente percebeu que o avião havia sido sequestrado depois que a aeronave pousou no aeroporto da Cidade do México e ela viu os caminhões da polícia.

De acordo com o site dos jornais mexicanos El Universal e Reforma, homens de origem boliviana assumiram o controle da aeronave e ameaçaram explodir o avião.

Eles teriam pedido uma audiência com o presidente do México, Felipe Calderón, e teriam ameaçado detonar bombas no avião se não fossem atendidos.

Entretanto, um representante do governo mexicano disse que não foram encontrados explosivos na aeronave.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG