Pelo menos quinze peregrinos xiitas morrem em duplo atentado suicida no Iraque

Pelo menos quinze peregrinos xiitas morreram e 40 ficaram feridos nesta quinta-feira num duplo atentado suicida cometido ao sul de Bagdá e em meio à multidão de peregrinos xiitas que se dirigiam à cidade santa de Kerbala. Os atos foram praticados por duas mulheres camicazes, informou à AFP uma fonte policial.

AFP |

As duas mulheres com cintos de explosivos ativaram as cargas que levavam junto ao corpo com um intervalo de cinco minutos, na cidade de Iskandariyah, a 60 km ao sul de Bagdá, informou o tenente de polícia Kazem al Jafaji.

Treze dos 40 heridos estão em estado grave.

O atentado se soma a outros dois cometidos horas antes, também dirigidos contra os peregrinos, que causaram dois mortos.

O primeiro foi durante a procissão em direção a Kerbala, no distrito comercial de Karrada, em Bagdá. Um peregrino foi vítima da explosão de uma bomba.

Em outro ataque, contra um posto de controle no distrito de Zafraniya, um policial morreu e cinco ficaram feridos.

Dezenas de milhares de pessoas vão participar do festival de Kerbala, em memória do imã Mahdi, um clérigo do século VIII, que deve voltar ao mundo, como esperam os xiitas como sinal do início de uma nova era de justiça.

str-kat/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG