Pelo menos quatro pessoas morrem em confrontos e ataques em Bagdá

Bagdá, 21 abr (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram hoje e outras 12 ficaram feridas em confrontos e ataques em várias áreas de Bagdá, anunciaram fontes do Ministério de Interior iraquiano e do comando americano.

EFE |

Segundo as fontes mencionadas, três supostos rebeldes foram mortos em um tiroteio com tropas da coalizão internacional, lideradas pelos Estados Unidos, afirmou um comunicado do Exército americano.

A nota afirma que os três homens morreram durante o confronto devido à explosão de um foguete lançado pelas forças multinacionais.

Além disso, um civil morreu e outros cinco ficaram feridos após a explosão de uma bomba no interior de uma caminhonete em uma avenida do bairro de Al Baladiyat, no leste da capital iraquiana, segundo fontes do Ministério do Interior.

As fontes também revelaram que um tiroteio entre soldados iraquianos e um grupo armado deixou cinco feridos na área de Al Machtal, também situada no leste de Bagdá.

As mesmas fontes afirmaram que duas pessoas ficaram feridas com a explosão de uma bomba próxima de um imóvel também em Al Machtal, e que ainda causou danos em algumas casas.

As fontes lembraram que as áreas do leste da capital, de maioria xiita, principalmente no populoso bairro de Cidade de Sadr, foram palco nas últimas três semanas de duros confrontos entre forças iraquianas, apoiadas por tropas americanas, e membros da milícia "Exército Mehdi".

Essa milícia é liderada pelo clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, um dos mais inflamados oponentes iraquianos à presença de forças dos Estados Unidos no Iraque.

Há exatamente dois dias, Moqtada ameaçou uma "guerra aberta" contra as forças iraquianas e americanas se estas não detiverem a atual campanha para acabar com sua milícia. EFE m/ev/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG