Pelo menos dois são detidos em operação contra terroristas na Grécia

Fuzis apreendidos são similares aos que aparecem em foto enviada por grupo terrorista "Seita de Revolucionários"

EFE |

Pelo menos duas pessoas foram detidas neste sábado em Atenas em uma operação antiterrorista da Polícia, que encontrou um arsenal de um grupo armado anarquista supostamente responsável pela morte de um jornalista e um policial, informaram as autoridades.

Em uma garagem ateniense foram encontradas armas automáticas pertencentes ao grupo terrorista "Seita de Revolucionários". No local, a polícia prendeu dois supostos membros, informou a agência "ANA". Logo depois, foi lançada uma operação em outros pontos da capital, e conseguiram deter mais dez pessoas supostamente relacionadas com esse grupo armado.

Segundo as primeiras informações, os Kalashnikov e os fuzis semi-automáticos confiscados na garagem são similares aos que aparecem em uma foto enviada pelo grupo à imprensa há um ano. "Seita de Revolucionários" é um dos grupos terroristas que fizeram centenas de atentados com explosivos e atos de sabotagem nos últimos anos.

    Leia tudo sobre: gréciaterroristas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG