Pelo menos dois mortos em violência pós-eleitoral em Port-Gentil

Dacar, 5 set (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram nas últimas horas em atos de violência pós-eleitoral na localidade de Port-Gentil, a 150 quilômetros ao sul de Libreville, informaram hoje as emissoras regionais captadas em Dacar.

EFE |

Segundo as fontes, o prefeito de um município da localidade confirmou a morte a tiros de duas pessoas.

O Governo do Gabão decretou na quinta-feira toque de recolher, vigente entre 20h e 6h hora local (16h e 2h de Brasília), em Port-Gentil, epicentro da violência registrada no país após a proclamação dos resultados das eleições presidenciais do domingo passado.

O Tribunal Constitucional, máxima instância judicial do país, confirmou a vitória de Ali Bongo, primogênito do falecido presidente Omar Bongo, com 41,73%, frente a Andre Mba Obame (22,88%) e Pierre Mamboundou (22,22%).

Tanto Obame como Mamboundou rejeitam os resultados, que qualificam "fraudulentos", e chamaram seus seguidores à resistência para impedir o "golpe de Estado eleitoral".

O consulado da França em Port-gentil foi queimado pelos manifestantes, que tinham atacado na quinta-feira a prisão central da localidade para libertar dezenas de presos. EFE st/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG