Pelo menos 91 pessoas morrem em explosão de um caminhão-tanque no Quênia

Nairóbi, 1 fev (EFE).- Pelo menos 91 pessoas morreram e cerca de 150 ficaram feridas no incêndio e explosão de um caminhão-tanque nas cercanias da cidade de Molo, cerca 140 quilômetros ao leste de Nairóbi, informaram hoje a imprensa local.

EFE |

O jornal "Daily Nation" assinala que o fato aconteceu ontem na estrada que liga os povoados de Nakuru e Eldoret, no local conhecido como Fazenda Jolly, quando um numeroso grupo de pessoas tentava pegar gasolina do caminhão, que tinha sofrido um acidente.

De madrugada, a Cruz Vermelha queniana tinha contabilizado 91 corpos carbonizados, embora temesse que o número de mortos poderia aumentar consideravelmente.

A Polícia regional tinha enviado ao local 150 bolsas para corpos, perante o temor de que a catástrofe alcançasse pelo menos esse número de vítimas fatais.

O hospital Geral de Nakuru informou que tinha recebido uma centena de feridos e que cerca de 50 tinham sido enviados a outros centros de saúde, a maioria levados por motoristas que estavam perto do local do fato.

Entre os feridos, segundo a Polícia, há agentes que tinham ido para o local depois que o caminhão pegou fogo.

Devido ao intenso calor provocado pelas chamas, as operações de resgate, segundo o jornal Daily Nation, só foram iniciadas duas horas depois da explosão, quando se começaram a recolher corpos e afastá-los uns 50 metros do ponto de onde se encontrava o caminhão.

EFE pa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG