Pelo menos 85 policiais são detidos no México por corrupção

Oficiais são investigados por possíveis elos com o crime organizado no país

EFE |

Pelo menos 85 policiais de três municípios de Nuevo León, norte do México, foram detidos neste sábado por soldados e agentes federais para investigar seus possíveis nexos com o crime organizado, informou à agência Efe uma fonte do Conselho de Segurança do estado.

Em Linares, a segunda maior cidade de Nuevo León, localizada cerca de 120 quilômetros ao sul desta capital, foram detidos 65 homens entre policiais e agentes de trânsito. Em Villaldama e Sabinas, municípios do norte do estado, duas dezenas de policiais foram detidos.

No último deles ocorreu um confronto entre pessoas do exército e homens que resguardavam um rancho utilizado como lugar de armazenamento de droga no qual morreram três homens e uma mulher, todos entre os supostos criminosos. No entanto do lugar pelo menos outros oito pistoleiros alcançaram escapar.

Na última semana as autoridades estaduais detiveram aproximadamente 250 policiais e chefes de corporações de municípios de Nuevo León, estado fronteiriço com os Estados Unidos, dos quais mais de 35 já estão na prisão por causa de vínculos com cartéis da delinquência organizada.

    Leia tudo sobre: méxicocorrupçãocrime organizado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG