Pelo menos 70 pessoas morrem após tumulto em templo na Índia

(Atualiza com novo número de vítimas e acrescenta detalhes) Nova Délhi, 3 ago (EFE).- Pelo menos 70 pessoas morreram hoje e cerca de 40 ficaram feridas no tumulto registrado durante uma concentração religiosa em um templo hindu na região indiana de Himachal Pradesh, informou uma fonte policial.

EFE |

O diretor adjunto de Polícia da região, citado pela agência "Ians", disse que a correria ocorreu no templo de Naina Devi, situado no distrito de Bilaspur.

No entanto, o secretário do Governo regional, P. C. Kapoor, disse que havia 80 mortos, segundo a agência "PTI".

A maioria das vítimas era de moradores da região vizinha de Punjab, e muitas delas eram mulheres e crianças.

O tumulto aconteceu depois do rumor em meio à multidão que aguardava na porta do edifício de que havia um deslizamento de pedras na colina onde está situado o templo.

Os feridos estão sendo levados para hospitais próximos, mas o mau tempo está dificultando os trabalhos de resgate.

Os peregrinos foram hoje ao templo para celebrar o festival hindu de Sharavan Ashtami, que começou no sábado.

Esse tipo de incidente não é incomum nas concentrações religiosas na Índia, onde milhares de pessoas se aglomeram freqüentemente com poucas ou nulas medidas de segurança.

No mês passado, seis pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas depois de uma correria registrada durante uma celebração religiosa na cidade indiana de Puri. EFE mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG