Bogotá, 21 jul (EFE).- Pelo menos sete rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreram hoje em um bombardeio sobre um acampamento em zona rural do departamento do Cauca (sul da Colômbia).

No entanto, o Governo acredita que o número de baixas pode passar de 20, informou o ministro da Defesa, Juan Manuel Santos.

"Foi um golpe muito certeiro (...), até agora são sete guerrilheiros mortos, mais de dez fuzis e aparentemente os mortos podem superar (o número) de 20", disse Santos a jornalistas.

O ataque sobre o acampamento da frente 6ª das Farc foi registrado em zona rural do município de Corinto, cerca de 500 quilômetros ao sudoeste de Bogotá.

Santos destacou que o ataque foi lançado pela "Força Aérea, em coordenação com a Polícia", após identificar o acampamento e considerou que o bombardeio foi "muito certeiro".

O titular da pasta da Defesa fez as revelações a jornalistas minutos antes de viajar a Washington, onde se reunirá com autoridades americanas. EFE rrm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.