Pelo menos 61 mortos em episódios de violência no Líbano

Pelo menos 61 pessoas foram mortas e 198 feridas nos combates que atingem o Líbano desde o dia 7 maio, entre partidários da oposição liderada pelo Hezbollah e a maioria anti-síria, anunciou hoje à AFP um dirigente do serviço de segurança.

AFP |

Segundo ele, "61 pessoas morreram e 198 ficaram feridas através do país.

A violência nos bairros da zona oeste de Beirute, na grande cidade de Tripoli (norte) assim como nas regiões drusas a sudeste da capital, começou quando uma greve sobre reivindicações salariais foi transformada pelo Hezbollah num movimento de desobediência civil que degenerou.

O número inclui 16 pessoas mortas domingo em combates na montanha drusa.

Os combates estão sendo considerados os mais mortíferos desde o fim da guerra civil no Líbano (1975-1990).

jz/sg/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG