Pelo menos 55 ficam feridos em explosões na Índia

Pelo menos 55 pessoas ficaram feridas em uma série de explosões neste sábado na cidade de Ahmedabad, no oeste da Índia, informaram as autoridades. Há informações de que duas pessoas teriam morrido nas nove explosões, na capital do Estado de Gujarat.

BBC Brasil |

Imagens da TV local mostraram um ônibus destruído e outras reportagens disseram que uma das bombas explodiu do lado de fora de uma estação de trem.

As explosões ocorreram um dia depois de sete bombas serem detonadas em Bangalore, no sul do país, causando a morte de duas pessoas.

Apelo por calma
A primeira explosão em Ahmedabad ocorreu às 18h30, hora local (10h00 em Brasília). As outras explosões ocorreram cerca de 20 minutos depois.

"Pelo menos 55 pessoas foram hospitalizadas até agora e algumas estão gravemente feridas", disse a jornalistas o ministro para Gujarat, Shakeel Ahmed.

As imagens de TV mostraram um ônibus com a lateral arrancada, vidros quebrados e o teto parcialmente destruído.

As imagens também mostraram um corpo imóvel no chão, perto do ônibus, coberto de sangue.

Ahmedabad é uma cidade que abriga diversas etnias e já sofreu instabilidade política no passado.

Em 2002, houve uma série de violentos choques entre hindus e muçulmanos.

As informações sugerem que a maioria das explosões deste sábado ocorreu no bairro antigo da cidade, de alta densidade populacional, dominado pela comunidade muçulmana.

O primeiro-ministro Manmohan Singh, apelou às pessoas para permanecer calmas.

A Índia foi atingida por vários atentados nos últimos anos. Os alvos variaram de mesquitas e templos hindus a trens e tribunais.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG