Pelo menos 50 pessoas morreram, neste domingo, e mais de 300 ficaram feridas na correria registrada durante uma concentração religiosa em um templo hindu na região indiana de Himachal Pradesh, informou um integrante do partido Bharatiya Janata Party (BJP), que governa esse Estado.

Segundo o legislador Randhir Sharma, o incidente aconteceu no templo de Naina Devi, situado no distrito de Bilaspur, depois que o sistema de cercas de fora do edifício caiu.

O canal "NDTV", que cita fontes policiais, aumenta para 68 o número de mortos e afirma que pelo menos 30 são crianças.

Os peregrinos foram hoje ao templo para celebrar o festival hindu de Sharavan Ashtami, que começou no sábado.

Esse tipo de incidente não é incomum nas concentrações religiosas na Índia, onde milhares de pessoas se aglomeram freqüentemente com poucas ou nulas medidas de segurança.

No mês passado, seis pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas depois de uma correria registrada durante uma celebração religiosa na cidade indiana de Puri.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.