Pelo menos 46 mortos em confrontos entre soldados e guerrilha tamil no Sri Lanka

Pelo menos 46 pessoas - 44 tâmil rebeldes e dois soldados - foram mortos em confrontos no norte do Sri Lanka entre a guerrilha separatista, que controla parte dessa área, e as tropas de Colombo, anunciou neste sábado o Ministério da Defesa.

AFP |

De acordo com essa fonte, os insurgentes foram mortos na sexta-feira em uma série de confrontos nos distritos de Mannar e Vavuniya, duas áreas em que as tropas governamentais estão tentando ganhar terreno da dos Tigres de Libertação do Eelam Tamil (LTTE).

Ambos os lados se enfrentam diariamente nessas regiões do norte e geralmente fornecem informações contraditórias sobre os combates.

O número de vítimas não pode ser verificado por meio de fontes independentes e o governo de Colombo bloqueia o acesso ao espaço para os jornalistas e as organizações humanitárias.

Segundo o governo, 4.545 rebeldes e 416 soldados morreram desde 1 º de janeiro.

Independente da Grã-Bretanha desde 4 de fevereiro de 1948, o Sri Lanka - o antigo Ceilão - tem 20 milhões de habitantes e é palco do conflito mais antigo na Ásia: a guerra entre o exército e a guerrilha Tamil, alternando com fases de combates e períodos de calma relativa.

Os Tigres Tamil, que são de religião hindu, iniciaram em 1972 sua luta pela independência do norte e nordeste do Sri Lanka, cuja população é 75% budista.

Cerca de 70.000 pessoas morreram em três décadas de insurreição armada. Vários milhares de pessoas morreram desde o recomeço da violência em finais de 2005.

aj/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG