Pelo menos 41 mortos em novos combates tribais no noroeste paquistanês

Islamabad, 30 ago (EFE).- Pelo menos 41 pessoas morreram hoje e outras 95 ficaram feridas em novos combates entre tribos rivais na demarcação paquistanesa de Kurram, na fronteira com o Afeganistão.

EFE |

Segundo a cadeia privada "Geo TV", os confrontos entre estas tribos, que pertencem aos ramos xiita e sunita do Islã, continuam abertos, após 25 dias de choques ininterruptos.

Os feridos foram levados para vários hospitais próximos para receber os cuidados oportunos.

Além disso, os moradores da região estão sofrendo escassez de alimentos e remédios já que a estrada principal permanece fechada.

Nos confrontos as tribos "tori" e "bangash" torcaram fogo de artilharia e de morteiro e utilizaram armas automáticas.

Enquanto isso, os "tori" ocuparam um dos quartéis-gerais de seus rivais em Bugzai, acrescentou Geo.

A cadeia "Dawn" informou ontem que a tribo "tori" tinha anunciado um cessar-fogo unilateral por causa do início do Ramadã (mês de jejum), que está a ponto de começar.

Com estas novas vítimas, já são mais de 500 as pessoas que perderam a vida durante os choques, segundo meios de imprensa paquistaneses. EFE igb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG