Tamanho do texto

Pelo menos 40 pessoas morreram neste sábado em um ataque praticado contra um grande hotel de Islamabad, capital que atravessa uma onda de atentados sem precedentes perpetrados por grupos ligados à Al-Qaeda, anunciou a Polícia à AFP em um registro provisório.

Uma grande parte do hotel Marriott estava em chamas e o primeiro andar do imponente edifício, situado em pleno centro da cidade, estava destruído, constatou um jornalista da AFP.

"Muitas pessoas estão presas dentro do hotel", indicou um policial à AFP no local da explosão.

Um fotógrafo da AFP viu os corpos mutilados de pelo menos 20 pessoas mortas em frente à entrada do hotel Marriott.

O hotel, um dos dois mais freqüentados por estrangeiros em Islamabad, estava sob forte medidas de segurança e os veículos eram minuciosamente revistados frente a imponentes barreiras metálicas antes de poder entrar.

Foi, ao que parece, à frente de uma dessas barreiras que o carro-bomba explodiu.

gir/dm