Pelo menos 4 pessoas morrem em atentado junto a catedral nas Filipinas

Zamboanga (Filipinas) - Pelo menos quatro pessoas morreram e outras 37 ficaram feridas hoje após a explosão de uma bomba junto à catedral católica da cidade de Cotabato, a cerca de 920 quilômetros ao sudeste de Manila, na ilha de Mindanao.

EFE |

O porta-voz da VI Divisão de Infantaria do Exército, o tenente-coronel Jonathan Ponce, disse à emissora de rádio "dzBB" que estão tentando identificar as vítimas, quase todos civis, enquanto averiguam o que aconteceu.

A bomba estava colocada debaixo de uma carrocinha que vendia carne de porco junto à catedral da Imaculada Conceição e explodiu por volta das 8h40 (21h40 de Brasília de sábado).

"Deixaram de selecionar seus alvos. Agora atacam até os fiéis que vão à missa", disse Ponce, sem apontar nenhum dos grupos armados que operam no sul das Filipinas e entre os quais destacam os comunistas do Novo Exército do Povo e os separatistas Abu Sayyaf e Frente Moro de Libertação Islâmica (FMLI).

Ontem à noite, três pessoas ficaram feridas ao explodir um morteiro de 60 milímetros na aldeia de Datu Piang, na província de Maguindanao, próximo a Cotabato, e foi achado intacto no lugar outro morteiro de 81 milímetros.

Leia mais sobre: Filipinas

    Leia tudo sobre: filipinas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG