Islamabad, 16 out (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram hoje e outras cinco ficaram feridas em um ataque com mísseis contra a região tribal paquistanesa do Waziristão do Sul, que testemunhas citados pela cadeia privada de televisão Dawn atribuem a aviões americanos não pilotados.

De acordo com seu testemunho, três projéteis aparentemente procedentes de aparatos não pilotados das tropas americanas destacadas no Afeganistão caíram contra a residência do líder tribal local Ghazi Khan +Mehsud na região de Sam Kunigram, perto da conflituosa fronteira com o Afeganistão.

O ataque, lançado contra uma área de difícil acesso, não foi confirmado por fontes oficiais.

Segundo os meios de imprensa paquistanesas, se trata da primeira vez que uma operação desta natureza tem como objetivo um membro da tribo Mehsud, à qual pertence o principal líder do grupo fundamentalista islâmico radical talibã paquistanês, Baitula Mehsud.

EFE igb/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.