Moscou, 11 out (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram hoje na Chechênia em um terremoto de 5,5 graus na escala Richter que atingiu várias regiões do Cáucaso Norte russo.

"Na cidade de Gudermes, pelo menos 25 feridos foram ao hospital, entre eles três pessoas em estado grave", informou um porta-voz das forças de segurança, citado pela agência "Interfax".

O Ministério de Situações de Emergência russo na Chechênia afirmou que, "segundo as informações recebidas, o epicentro ficou no distrito de Shelkovsky e sua magnitude foi de 5,5 graus".

Por sua vez, o Instituto de Observação Geológica dos Estados Unidos informou que o epicentro foi localizado 40 quilômetros ao leste de Grozni (capital da Chechênia), 112 quilômetros ao sudoeste de Mahatchkala (capital do Daguestão) e a uma profundidade de 10 quilômetros.

O tremor, que foi registrado após as 13h de Moscou (6h de Brasília), pôde ser sentido durante pelo menos 30 segundos e a magnitude foi de 5,3 graus, acrescenta o relatório do instituto, citado pelas agências russas.

O presidente checheno, Ramzan Kadyrov, ordenou a criação de uma comissão para avaliar as conseqüências do terremoto e lhe encomendou "tomar medidas urgentes para estabelecer a magnitude dos danos e a identidade dos mortos e feridos, e para prestar a ajuda necessária às vítimas". EFE egw/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.