Pelo menos 4 civis morrem por ataque errado da Otan no Afeganistão

Cabul, 20 jul (EFE).- Pelo menos quatro civis morreram em consequência de ataques errados de parte das forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no leste do Afeganistão, segundo um comunicado divulgado hoje pela Aliança Atlântica.

EFE |

A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), que atua sob comando da Otan, disse em uma nota que outros quatro civis ficaram feridos e mais três podem ter sido mortos, embora a Isaf tenha acrescentado que ainda não pode confirmar estas últimas vítimas.

Ontem à noite, na província oriental de Paktika, tropas da Isaf atacaram uma região localizada a um quilômetro distante de seu alvo, ferindo vários civis que se apresentaram em seguida perante a base da Otan na zona para pedir auxílio, segundo o comunicado.

"A Isaf lamenta profundamente este acidente, e a investigação sobre as circunstâncias precisas deste trágico evento está em andamento", assinala a nota.

Os combates entre as forças internacionais e afegãs e a insurgência talibã são constantes no país, especialmente na região sul.

No Afeganistão morreram neste ano, vítimas da violência, mais de 2.100 pessoas, dentre as quais 700 civis. EFE nh/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG