Moscou, 29 mar (EFE).- Pelo menos 37 pessoas morreram hoje em dois atentados com bomba perpetrados contra o metrô de Moscou, informaram hoje os ministérios do Interior e de Emergências da Rússia.

A primeira explosão, que aconteceu pouco antes das 8h (horário local, 2h de Brasília) na estação Lubyanka, causou a morte de pelo menos 25 pessoas e deixou 15 gravemente feridas.

Na praça Lubyanka fica a sede do Serviço Federal de Segurança (FSB, antiga KGB).

A segunda explosão, que ocorreu na estação Park Kultury, deixou 12 mortos e um número indeterminado de feridos.

Segundo a Promotoria russa, os atentados podem ter sido causados por terroristas suicidas.

As linhas do metrô onde aconteceram as explosões foram fechadas, o que provocou caos e pânico entre os passageiros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.