Bagdá, 8 jul (EFE).- Pelo menos 35 supostos insurgentes foram detidos nas últimas 24 horas pelas forças de segurança iraquianas em Bagdá, anunciou hoje o porta-voz do plano de segurança Aplicamos a Lei, Qasem Ata.

"As forças de segurança detiveram 28 homens procurados e sete homens armados suspeitos em áreas diferentes de Bagdá durante as últimas 24 horas", disse Ata à agência de notícias independente iraquiana "Aswat al-Iraq".

O porta-voz também acrescentou que os efetivos de segurança desativaram oito bombas e possibilitaram a volta para casa de doze famílias deslocadas por causa da violência.

O plano Aplicamos a Lei, lançado pelo primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, em fevereiro de 2007, é a grande aposta de seu Executivo para tentar acabar com a violência em Bagdá e em seus arredores.

Além disso, o comando militar americano informou sobre a morte hoje de um soldado dos Estados Unidos devido à explosão de uma bomba na passagem de seu veículo no oeste de Bagdá. EFE ah/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.