Pelo menos 321 morreram e 834 ficaram feridos em abril em Cidade de Sadr

Bagdá - Pelo menos 321 pessoas morreram e 834 ficaram feridas durante o mês de abril nos confrontos entre as forças iraquianas e americanas, e a milícia fiel ao clérigo xiita Moqtada al-Sadr, Exército Mehdi, no bairro de Cidade de Sadr, em Bagdá.

EFE |

O Ministério do Interior iraquiano divulgou hoje esses dados, que não correspondem com o número oferecido na semana passada por um deputado iraquiano alinhado a Sadr, segundo o qual pelo menos 400 pessoas morreram desde o final de março no bairro de maioria xiita, no leste de Bagdá.

O ministério não esclareceu se os mortos são soldados, civis ou milicianos, mas afirmou que o número inclui pessoas "assassinadas em Cidade de Sadr por homens armados".

O bairro de Cidade de Sadr é um das últimas zonas onde continuam os confrontos entre as forças governamentais e o exército Mehdi, que começaram em março.

Leia mais sobre: Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG