Pelo menos 30 russos morrem em acidente de ônibus em Israel

Moscou, 16 dez (EFE) - Pelo menos 30 russos morreram hoje após o ônibus no qual viajavam tombar a cerca de 30 quilômetros da cidade israelense de Eilat, assegurou Piotr Stegniy, embaixador russo em Israel.

EFE |

Stegniy calculou em 21 o número de feridos, a maioria gravemente, informou o canal de notícias "Vesti".


Acidente de ônibus deixou ao menos 25 mortos / Reuters

Fontes da indústria turística de São Petersburgo informaram aos veículos de comunicação russos que os 55 passageiros do ônibus eram empregados de agências de viagens da cidade em visita de promoção a Israel.

Inicialmente, a imprensa israelense informou que se tratavam de turistas russos.

O primeiro dos dois aviões mobilizados pelo Ministério de Situações de Emergência da Rússia decolará às 22h de Moscou (17h de Brasília) com destino a Israel com médicos, psicólogos e equipes de saúde a bordo.

O Governo russo criou imediatamente um grupo de gestão de crise liderado pelo vice-ministro de Exteriores, Aleksandr Grushko, segundo a agência russa "Interfax".

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, instruiu os representantes diplomáticos russos em Israel a oferecerem toda a assistência necessária aos afetados pelo acidente, informou o Kremlin em comunicado.

O acidente ocorreu às 15h (hora local), 90 minutos depois de aterrissar um avião procedente de São Petersburgo no aeroporto de Ovda, próximo a Eilat, cidade situada às margens do Mar Vermelho e um dos principais destinos turísticos de Israel.

O acidente aconteceu três quilômetros ao norte de Eilat, quando o ônibus, no qual viajavam cerca de 60 pessoas e propriedade de uma empresa privada, caiu por causas desconhecidas no leito seco de um rio.

A maioria dos feridos foi levada a hospitais de Eilat.

Leia mais sobre: acidente

    Leia tudo sobre: acidenteisrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG