Pelo menos 30 mortos em 11 explosões no nordeste da Índia

Pelo menos 30 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas em uma série explosões, provavelmente atentados, registradas nesta quinta-feira no estado de Assam (nordeste da Índia), informou a polícia local.

AFP |

Ao que tudo indica 11 explosões sincronizadas afetaram, em menos de uma hora, Assam e sua principal cidade, Guwahati - alvo de três bombas que deixaram sete mortos -, às 11H30 locais (4h00 de Brasília), segundo a agência oficial Press Trust of India.

Um oficial da polícia afirmou à AFP que mais de 30 pessoas das 100 feridas estão em situação crítica. Um balanço anterior registrava 20 mortos.


Caminhão do corpo de bombeiros chega ao local de um dos atentados na região de Guwahati / AP

Os canais de televisão exibiram cenas de pânico e pessoas feridas sendo levadas para hospitais em meio a veículos carbonizados.

Uma das explosões destruiu um mercado de frutas en Guwahati, muito próximo de edifícios do governo regional de Assam e da Assembléia Provincial.

Região de conflito

O nordeste da Índia forma um enclave entre o Butão e a China pelo norte, Mianmar pelo leste e Bangladesh pelo oeste.

Os estados indianos de Manipur, Nagaland, Assam, Meghalaya, Tripura e Mizoram são, em diversos graus, cenários de insurreições separatistas e atos de violência intercomunitárias que, desde a independência da Índia em agosto de 1947, deixaram 50.000 mortos.

No Estado de Assam, o grupo rebelde Frente Unida de Libertação de Assam (ULFA) luta desde 1979 pela independência. Os conflitos na região, famosa pelas plantações de chá, provocaram 10.000 mortes em 20 anos.

Leia mais sobre explosões

    Leia tudo sobre: explosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG