Pelo menos 25 pessoas morreram e 50 ficaram feridas nesta segunda-feira num atentado suicida praticado em meio a uma cerimônia fúnebre, a nordeste de Bagdá, anunciaram à AFP um dirigente local e uma fonte dos serviços de segurança.

O atentado foi em Jalawla, a 130 km a nordeste de Bagdá, uma região povoada por curdos xiitas e árabes sunitas ligados à Al-Qaeda, na província de Diyala, uma das mais perigosas do Iraque.

str-kat/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.