Pelo menos 241 pessoas morrem na América Latina no Ano Novo

BOGOTÁ - Pelo menos 241 pessoas morreram na América Latina durante as comemorações de fim de ano devido a diversas causas, principalmente atos violentos e acidentes de trânsito. A Colômbia, com 58 mortos, e a Guatemala com 38, foram os países com maior índice de mortos.

Redação com EFE |

Nesta sexta-feira, as autoridades colombianas reportaram a morte por afogamento de quatro membros de uma família, e outros dois desaparecidos, na orla do rio Arauca. Estes falecimentos se somam aos 54 mortos por casos de violência informados ontem por fontes oficiais.

A maioria das 38 vítimas na Guatemala também se deveu à de violência, segundo as autoridades, pois só três pessoas morreram em acidentes de trânsito e uma morreu afogada.

No Brasil, o caso que mais chamou a atenção foi a morte do empresário alemão Christian Wölffer, atropelado por uma lancha em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro.

    Leia tudo sobre: américa latina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG