Pelo menos 22 mortos e mais cem feridos em terremoto no sudoeste da China

Pelo menos 22 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas devido a um terremoto de magnitude 6,1 na escala Richter que atingiu o sudoeste da China neste sábado, informou a imprensa oficial chinesa.

AFP |

O balanço anterior do tremor, que foi registrado em uma região na fronteira entre as províncias de Yunnan e Sichuan, havia indicado quatro mortos.

O Centro de Vigilância Geológica dos Estados Unidos (USGS) mediu a magnitude do tremor em 5,7 na escala Richter.

A Rede de Informação Sismográfica chinesa indicou, por sua vez, que o terremoto alcançou a magnitude de 6,1 na escala Richter.

O terremoto atingiu a cidade de Panzhihua, no sul de Sichuan, às 04h locais (05h30 de Brasília), segundo a agência oficial Nova China.

Esta ressaltou que na província de Sichuan morreram 17 pessoas e outras 100 ficaram feridas, enquanto que na província vizinha de Yunnan o número de mortos chegou a cinco e o de feridos a 26. No momento não há informações de pessoas fatalmente feridas na cidade de Panzhihua.

O epicentro do tremor foi localizado cerca de 30 quilômetros a sudeste de Panzhihua, informou o observatório norte-americano.

A Agência Sismológica de Yunnan indicou que o terremoto também foi sentido em várias cidades dessa província, assim como na capital de Sichuan, Chengdu, segundo a Nova China.

Sichuan foi atingida no dia 12 de maio por um terremoto de magnitude oito que deixou 80.000 mortos e desaparecidos, provocando perdas de 843,8 bilhões de yuanes nos 51 condados e cidades mais afetados, segundo dados do governo.

Leia mais sobre: terremoto

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG