Pelo menos 21 morrem em naufrágio na costa da Líbia

Pelo menos 21 pessoas teriam morrido depois que um navio que levava imigrantes para a Europa afundou na costa da Líbia. O incidente, que foi noticiado nesta segunda-feira, teria ocorrido no domingo.

BBC Brasil |

Segundo informações da imprensa da Líbia e do Egito, a embarcação apresentou problemas logo depois de sair de Sidi Bilal, perto da capital da Líbia, Trípoli.

Um funcionário do Ministério das Relações Exteriores do Egito informou que 20 pessoas foram resgatadas pelos serviços líbios, mas teme-se que dezenas de outras tenham se afogado.

Segundo o oficial egípcio, citado pela agência Mena, a embarcação teria afundado a cerca de 30 km da costa da Líbia. O motivo do acidente seria uma perfuração no casco do navio.

"Os serviços de busca e resgate da Líbia conseguiram recuperar alguns corpos. Entre os mortos estão dez egípcios", disse o oficial egípcio à agência Mena.

Calcula-se que a embarcação levasse mais de 250 pessoas a bordo.

Uma fonte do Ministério do Interior da Líbia confirmou que pelo menos 21 pessoas morreram no acidente. Ainda não se sabe ao certo quantas pessoas estão desaparecidas.

As nacionalidades dos outros imigrantes que estavam no barco ainda são desconhecidas.

Informações ainda não confirmadas transmitidas pela rede de TV CNN dão conta de que um segundo navio também teria afundado nos últimos dias.

No total, 600 pessoas estariam a bordo das duas embarcações, de acordo com a CNN.

Imigração
A Líbia é um importante ponto de partida para pessoas que tentam entrar ilegalmente na Europa.

A correspondente da BBC no Cairo, Yolande Knell, afirma que muitas dessas pessoas vêm do Egito, país que tem altas taxas de desemprego entre a população jovem. O destino da maioria destes imigrantes costuma ser a Itália.

Yolande Knell lembra que, em junho do ano passado, pelo menos 40 pessoas morreram em um naufrágio em circunstâncias semelhantes.

O governo italiano já anunciou que dará início em breve a patrulhas conjuntas com a Líbia para tentar deter o fluxo de imigrantes ilegais para o país.

Dezenas de milhares de africanos tentam alcançar a Europa pelo mar todos os anos.

    Leia tudo sobre: líbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG