Pelo menos 20 civis mortos a leste da RDC, segundo a Human Rights Watch

Rebeldes e milicianos pró-governamentais congoleses mataram, deliberadamente, pelo menos 20 civis, entre eles um jornalista local, durante seus combates no leste da República Democrática do Congo (RDC), acusou nesta quinta-feira a organização Human Rights Watch.

AFP |

Já a Ong Save the Children denunciou "uma explosão" do recrutamento de crianças soldados nas últimas semanas na província de Nord-Kivu.

"Há uma explosão do número de crianças recrutadas desde o início da onda de violência, e os ataques contra alunos conhece um desenvolvimento inquietante", declarou em comunicado Ishbel Matheson, porta-voz para o leste da RDC da Save the Children, organização de defesa dos direitos das crianças.

hba/cll/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG