(Atualiza com novo número de vítimas e detalhes do ataque) Nova Délhi, 1 out (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram hoje e várias dezenas de pessoas ficaram feridas hoje por causa da explosão em série de vários artefatos em diferentes pontos da cidade de Agartala, capital do estado indiano nordeste de Tripura.

O porta-voz da Polícia de Tripura, Nepal Das, citado pela agência "Ians", disse que a primeira bomba explodiu em um mercado popular da cidade às 19h (10h de Brasília).

Depois, outros três artefatos explodiram de forma quase simultânea em um parada de ônibus e na zona de Krishnanagar.

Segundo uma fonte policial, citada pela agência "PTI", o ataque deixou 40 feridos, e cinco se encontram em estado crítico, enquanto Das elevou o número de feridos para cerca de 100.

Uma testemunha disse que dois jovens que estavam em uma motocicleta colocaram um objeto suspeito na parada do ônibus, poucos minutos antes da explosão, segundo a "Ians".

As forças de segurança isolaram as áreas onde ocorreram as explosões e os comércios fecharam suas portas ao público, além de ter sido declarado o estado de alerta.

O ataque de hoje ocorre no mesmo dia do anúncio da vitória eleitoral do Partido Comunista da Índia (Marxista) nas eleições parciais realizadas em Agartala e outras áreas municipais.

Os comunistas obtiveram 123 dos 135 assentos que estavam em jogo na Prefeitura da capital regional, no Conselho do Distrito Autônomo das Áreas Tribais de Tripura e em outras localidades.

Nos estados do nordeste indiano, operam cerca de 20 grupos separatistas que recorrem a atentados contra alvos civis, além de ataques às forças de segurança. EFE mb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.