Pelo menos 185 manifestantes pró-Tibete foram presos neste domingo quando se preparavam para protestar diante do edifício da embaixada da China na capital do Nepal, anunciou a polícia.

Os manifestantes, dos quais metades são mulheres, gritaram palavras de ordem contra a China e portavam bandeiras tibetanas, antes de serem levados para o veículo da polícia, disse à AFP um responsável da polícia, Homjung Chauhan.

Os protestos no Nepal foram retomados no início desta semana após serem interrompidos em maio, em respeito às vítimas do terremoto na província chinesa de Sichuán.

Anteriormente, a capital do Nepal abrigava quase que diariamente protestos pró-Tibete, em que os manifestantes eram presos e soltos no mesmo dia.

str/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.