Dezesseis rebeldes e dois soldados afegãos morreram em dois incidentes separados sábado no leste do Afeganistão, anunciou neste domingo o ministério da Defesa afegão.

A artilharia afegã disparou contra posições inimigas no distrito de Bargi Matal, na província do Nuristão, uma região montanhosa que fica na fronteira com o Paquistão, segundo a mesma fonte.

"O inimigo atirou vários foguetes contra um posto militar. Os soldados revidaram e mataram 16 combatentes inimigos", informou o ministério em comunicado.

Além disso, dois soldados afegãos morreram e outros três ficaram feridos quando veículo onde estavam passou em cima de uma mina na província de Paktika, na fronteira com o Paquistão.

Quatro soldados italianos foram feridos na explosão de uma bomba colocada à beira de uma estrada na província de Herat, no oeste do país, anunciaram a polícia e um porta-voz da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan).

A menos de um mês das eleições presidenciais e legislativas de 20 de agosto, a violência vai crescendo assustadoramente no Afeganistão, atingindo níveis sem precedentes desde que os talibãs foram expulsos do poder, no fim de 2001, por uma coalizão internacional comandada pelos Estados Unidos.

str/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.