Pelo menos 17 pessoas morrem em atentado suicida no nordeste do Sri Lanka

Nova Délhi, 20 abr (EFE).- Pelo menos 17 pessoas, entre elas mulheres e crianças, morreram em um atentado suicida registrado hoje no nordeste do Sri Lanka, segundo o Ministério de Defesa cingalês, que acusou a guerrilha tâmil pela ação.

EFE |

"Um suicida dos LTTE (Tigres de Libertação da Pátria Tâmil) atacou esta manhã milhares de civis tâmeis que tentam buscar refúgio com o Exército", informou a Defesa em comunicado que não disse o lugar exato do atentado.

O suicida tentou semear a confusão entre os civis que tentam sair da área de combate, segundo disse à Agência Efe o porta-voz militar Udaya Nanayakkara, que assegurou que as tropas "resgataram" hoje 13.000 pessoas presas na zona.

O Exército assegurou horas que as tropas tinham conseguido romper uma barreira dos LTTE no povoado de Puthumathalan e que com isso abriram uma passagem de segurança para que os civis encurralados nas zonas de combate pudessem escapar. EFE daa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG