Pelo menos 16 mortos na queda de um helicóptero civil russo no Afeganistão

Pelo menos 16 pessoas morreram neste domingo na queda de um helicóptero civil russo depois de decolar da maior base militar norte-americana do sul do Afeganistão, anunciou a Força Internacional para a Segurança (Isaf) da Otan.

AFP |

"Um helicóptero civil caiu hoje quando decolava do aeroporto de Kandahar (sul)", capital da província de mesmo nome, indicou a Isaf em um comunicado.

"Dezesseis civis morreram no acidente", acrescentou uma porta-voz da Isaf, a tenente Sam Truelove.

O acidente não ocorreu em consequência de um ataque inimigo, indicou a Isaf, que não informou a nacionalidade das vítimas.

Em Moscou, as agências de notícias russas anunciaram que se tratava de um helicóptero MI-8 pertencente à companhia russa Vertikal-1.

A aeronave transportava 18 passageiros e 3 membros da tripulação, declarou o encarregado de negócios russo em Cabul Andrei Badov à rádio Echo de Moscou.

O piloto e o copiloto, ambos russos, assim como o engenheiro de voo, de nacionalidade bielorrussa, ficaram gravemente feridos no acidente, afirmou Badov, antes de acrescentar que os três membros da tripulação foram levados para o hospital canadense da base de Kandahar.

"No total, 18 passageiros, que trabalhavam para diferentes companhias estrangeiras encarregadas de construir bases militares para as forças internacionais, estavam a bordo", acrescentou.

Dos 18 passageiros, 16 morreram e há dois feridos, confirmou.

No sul do Afeganistão há muitas pessoas trabalhando para empresas privadas, muitas originárias das ex-repúblicas soviéticas, contratadas pelas forças militares estrangeiras, principalmente pelo Exército norte-americano.

sak-emd/lm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG