Pelo menos 14 mortos e 40 feridos em atentados no Iraque

Pelo menos 14 pessoas foram mortas e outras 40 ficaram feridas nesta quarta-feira em três atentados com carros-bomba no norte do Iraque, anunciaram fontes policiais e hospitalares.

AFP |

Às 19H30 locais (13H30 de Brasília), um carro-bomba explodiu em um mercado do centro de Tal Afar, 60 km a oeste de Mossul (370 km ao norte de Bagdá), matando 12 pessoas e ferindo outras 30, segundo uma fonte policial e um médico do hospital local.

Um médico, Tarel al-Obeidi, declarou à AFP que seu estabelecimento recebeu 43 pessoas, sem especificar o número de mortos e feridos.

Descrita em 2006 pelo presidente americano, George W. Bush, como um modelo de segurança, Tal Afar voltou a ser desde março de 2007 uma das cidades mais perigosas do país.

Em 27 de março de 2007, um atentado com caminhão-bomba matou 152 pessoas nesta cidade.

Mais cedo nesta quarta-feira, dois civis morreram e 13 ficaram feridos em dois atentados em Mossul, capital da província de Ninive (370 km ao norte de Bagdá), segundo fontes policiais e o Exército americano.

Um carro-bomba explodiu no centro da cidade, matando duas pessoas e ferindo outras oito, declarou à AFP o sargento Sam Smith, porta-voz do Exército dos Estados Unidos.

O atentado e o número de vítimas foram confirmados por uma fonte policial em Mossul.

Além disso, um carro-bomba que tinha como alvo uma patrulha do Exército americano deixou cinco feridos, todos civis, no leste de Mossul, segundo a polícia local.

O Exército iraquiano conduz desde o dia 14 de maio uma ampla ofensiva contra o braço iraquiano da Al-Qaeda em Mossul, considerada pelo comando americano o epicentro da ação dos súditos de Osama bin Laden no Iraque.

str/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG