Pelo menos 12 mortos em explosão em uma mina na Rússia

Ao menos 64 outros mineiros seguem desaparecidos na mina da Sibéria

AFP |

AFP
Familiares de vítimas lamentam na porta de mina que explodiu no último sábado
Pelo menos 12 mineiros morreram e 84 ficaram feridos no último sábado na explosão de uma mina na Sibéria, indicaram as agências russas citando um novo balanço citado pelo ministério da Situação de Emergências.

Ainda permanecem bloqueados na mina 64 mineiros e 20 socorristas. Os trabalhos de resgate foram suspensos depois de uma nova explosão.

O acidente aconteceu numa mina de Raspadskaia, região siberiana de Kemerovo. O ministério indicou à agência Interfax que 359 pessoas trabalhavam no fundo da mina no momento do acidente.

O governador da região, Aman Tuleiev, se dirigiu ao local. Mais de 150 bombeiros e 29 veículos participam nas operações de resgate.

O presidente russo, Dimitri Medvedev, pediu ao ministério das Situações de Emergência para ser informado dos trabalhos de resgate e que se faça todo o possível para salvar as vítimas.

A mina de Raspadskaia é uma das mais importantes do país e abastece fábricas metalúrgicas da Rússia, Ucrânia, Europa do Leste e Ásia.

Os incidentes fatais em minas russas são frequentes pelo tempo de uso das infraestruturas e a falta de cumprimento das normas de segurança.

    Leia tudo sobre: Rússiaexplosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG